Fusión du Chocolat – Belo Horizonte

Recentemente escrevi sobre chocolates, especialmente sobre as marcas belgas e suíças. Agora temos em Belo Horizonte uma dupla de chocolatiers cuja competência e sensibilidade permitem colocar a cidade na rota internacional do chocolate. Com formação europeia e tempero brasileiro criaram – e continuam criando – maravilhosas combinações da matéria prima que importam da Bélgica, não … Continue lendo

Imagens de Zürich

Recentemente li que determinadas cidades são propícias à observação a distância, pois seu charme vem do aspecto geral e da associação e interdependência de suas características. Outras, com microscópio, pois se mostram mais pela minúcia dos detalhes que pelo conjunto de suas particularidades. Descobrir uma cidade: ter noção do todo e estar atento às partes. … Continue lendo

Chocolates

Ontem ganhei uma barra de chocolate Sprüngli. Trazida de Zürich por uma amiga. Viagens, chocolate, intimamente relacionados na minha vida. Chocólatra inveterado, adoro procurar e conhecer as produções especiais de onde estou. Destinos privilegiados nesse sentido, Bélgica e Suíça têm várias marcas mundialmente conhecidas assim como algumas de produção restrita, quase que como de ourivesaria. … Continue lendo

Verona II

Nos restaurantes que rodeiam a Piazza Erbe achar uma mesa ao sol parecia missão impossível. No entanto conseguimos o nosso lugar. Muita gente na rua. Quem não almoçava, caminhava entre as tendas do mercado armado ao redor da fonte do século XIV ornada com uma estátua romana. Mercado que infelizmente oferecia mais quinquilharias que os … Continue lendo

Verona

Uma cidade um teatro um rio. Passar uma tarde inteira a imaginar o que aqui se passou, o que aqui se apresentou. E depois tudo soterrado, esquecido, desaparecido sob terra e pedra. Agora uma paz absoluta, um lugar para esquentar ao sol e viajar…

Lauterbrunnen

A inacreditável queda d’água, o estreito vale rodeado de montanhas, as casas com gramados repletos de flores amarelas, a cidadezinha praticamente deserta numa quente tarde de maio. Era como estar suspenso em um sonho; talvez numa outra dimensão. Algum tempo depois leio a seguinte frase de Borges sobre Lauterbrunnen: “Há tantas coisas na múltipla Suíça … Continue lendo

Metz

Poucas vezes percorri sozinho uma cidade estranha. A primeira vez foi em Metz, cidade que encontrei deserta, fria e silenciosa numa noite de outono. Cidade que no dia seguinte ofereceu ao viajante solitário uma manhã ensolarada cheia de verdes e dourados. Um tanto afastada de Paris e das principais rotas turísticas francesas Metz possui os … Continue lendo

Cidades e cores

Verde e ocre fazem de Roma uma cidade mais alegre que Paris. Esta, uma cidade de giz sob o azul do céu. Pedras que de perto têm cores variadas, limpas ou cobertas de fuligem, mas que vistas do alto de terraços e torres tornam-se brancas. Pedras que presenciaram eventos importantes da história, mas também cotidianos, … Continue lendo

Roteiro em Bariloche

Os voos para Bariloche a partir de Buenos Aires saem do Aeroparque, no centro da capital argentina. Para quem parte do Brasil com destino à cidade andina, e não conseguiu um voo direto, a melhor opção é procurar um voo que pouse no referido aeroporto. Posada Piedra del Condor em  Bariloche: fora da cidade às … Continue lendo

Curvas e ladeiras

Descer uma ladeira que parece não ter fim; fazer a curva e verificar surpreso que ainda não se chegou ao fundo da cidade. Ladeiras e curvas que em determinado momento protegem para logo em seguida oferecerem, à medida que são percorridas pelo viajante curioso, detalhes simples ou grandiosos da antiga sede do governo mineiro. Uma … Continue lendo