Torcello

Fui a Torcello duas vezes na vida. E nas duas vezes a mesma sensação de desolação. No porto de Burano umas poucas pessoas a espera do barco para a curta travessia. A nave, mal os viajantes descem em terra, parte rapidamente deixando-os numa ilha de aparência deserta. Uma caminhada ao longo do estreito canal sem … Continue lendo