Roteiro em Bariloche

Os voos para Bariloche a partir de Buenos Aires saem do Aeroparque, no centro da capital argentina. Para quem parte do Brasil com destino à cidade andina, e não conseguiu um voo direto, a melhor opção é procurar um voo que pouse no referido aeroporto.

Posada Piedra del Condor em  Bariloche: fora da cidade às margens do Lago Gutierrez. Lugar tranqüilo, silencioso, apenas cinco quartos. Fica a mais ou menos 15 minutos de carro do centro. Não tem nada perto, só a pousada, mas o lugar é lindo, com quartos de frente para o lago e para o maciço do Cerro Catedral. No réveillon 2011 havia lá um cozinheiro excelente – Martin – se ainda comandar a cozinha, vale a pena um jantar.

Aluguel de carro: não conseguimos pelas agências tradicionais. O dono da pousada indicou uma locadora local, fez a reserva e pegamos o carro no aeroporto. Tudo funcionou bem. Agência honesta, estradas boas, asfaltadas, mas estreitas.

Passeios: Cerro Otto (teleférico com bondinho fechado; o restaurante rotatório no alto é uma armadilha dispensável); Circuito Chico (lagos ao redor da cidade); Villa la Angostura (pouco mais de uma hora de carro) e de lá fomos de barco até o Bosque de los Arrayanes; Cerro Catedral (teleférico de cadeirinha); Cerro Tronador (neves eternas, fronteira com o Chile), 50 Km em estrada de terra, com horário definido de circulação (ida de 10:00 às 14:00 e retorno somente após 16:00); Colonia Suissa, local da fundação de Bariloche, com restaurantes e lojas de artesanatos; banhos nos lagos do Circuito Chico (o preferido foi o Lago Perito Moreno), com água gelada, mas revigorante se estiver calor. Não fizemos a Ruta de los Siete Lagos, que vai de Villa La Angostura a San Martin de los Andes, porque achamos que seria melhor com programação para dormir em San Martin, pois é longe e a estrada é de terra. Mas ouvimos um local dizer que é a estrada mais bonita da Argentina.

Comemos muito chocolate: Rapa Nui e Chocolate del Turista, bebemos muito vinho. Um restaurante especial foi El Patacon que serve comida típica mais refinada. No centro tem o restaurante da Familia Weiss com seus famosos defumados.

 Antônio Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: