Comer e beber em Veneza

Onde comer? Fazer uma refeição rápida ou degustar demoradamente? Dúvidas que resolvemos procurando ao acaso os locais onde vamos parar e saborear as delícias do lugar. É uma das nossas atividades preferidas quando estamos viajando. Analisar a “cara”, “cheirar” o cardápio, avaliar os preços. E em Veneza esta estratégia funcionou bem, pelo menos na maioria das vezes…

Existem armadilhas fáceis como, por exemplo, os vários restaurantes próximos à Piazza San Marco. Por ser a região mais procurada pelos turistas, estão sempre cheios, o atendimento não é bom e a comida pode deixar muito a desejar. Nesse sestiere procure apenas o que for estritamente recomendado.  Por outro lado, é quase sempre certeira a opção de comprar pedaços de pizzas nas inúmeras pizzarias que vedem fatias e onde comumente se come em pé ou encostado num balcão. Pizza al Volo, que fica no Campo Santa Margherita, está sempre lotada e tem uma pizza deliciosa. Também no mesmo Campo fica a Pizzeria Ai Sportivi recomendada como uma das melhores de Veneza. Realmente muita boa!

Outra delícia da cidade são os bacari (bares de vinhos), muito freqüentados pelos moradores, onde os petiscos podem variar de pequenos sanduíches a polenta frita com toucinho, azeitonas e outras coisas mais. Perto da Ponte do Rialto (Sestiere San Marco) fica a Osteria all’Alba. Descoberto por sorte, tornou-se nosso preferido, com ambiente descontraído e um cardápio de vinhos brancos e tintos que cobre todas as regiões da Itália. O preço do copo é mais caro do que a média – em torno de oito euros – mas os vinhos são muito bons. Foi uma excelente oportunidade para provarmos variedades ainda não conhecidas.

Outro desses bares chama-se Al Bottegon e fica na Fondamenta Nani, em Dorsoduro. Funciona da mesma forma que o primeiro com a vantagem de ser também uma loja de vinhos com uma enorme variedade de opções de todo o país. Você pede um copo e, se gostar, já leva uma garrafa. Como era dezembro os venezianos saiam de lá cheios de caixas, provavelmente para as comemorações de final de ano.

A Osteria Ai Pugni, também em Dorsoduro, fica na Fondamenta Gherardini. Com decoração moderna, está sempre cheia nos finais de tarde. Além dos vinhos e petiscos, também serve refeições.

 

Há também uma infinidade de cafés e padarias. Nestas, o espresso pedido no balcão custa quase sempre um euro e os doces – sempre variados – também não custam caro. Na Piazza San Marco os dois cafés mais tradicionais da cidade. De um lado da praça o Caffè Florian e do outro o Caffè Quadri. Elegantes e emblemáticos de um estilo de vida, valem uma visita pelos salões suntuosos e pelo simpático atendimento. Encontrado casualmente quando passávamos pelo Campo Santo Stefano, Le Café é um lugar agradável para uma pausa entre as caminhadas.

Com todas essas possibilidades para refeições ligeiras com vinhos, cafés, pães e doces, nem precisaríamos ir a restaurantes em Veneza. Mas fomos. E descobrimos alguns bem interessantes.

Antônio Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: