Igrejinha na beira do lago

Contornando o Thunersee na direção de Interlaken passamos por pequenas cidades e vilas costeiras. O lago tinha um aspecto denso, com águas quietas de um verde escuro e profundo. Apesar dos muitos ancoradouros cheios de barcos que vimos pelo caminho, naquela manhã ninguém animara ainda a navegar. O tempo estava bom, fazia calor, mas o aspecto das águas era um tanto soturno. Paramos em Spiez para conhecer seu castelo. Agradável caminhar pelos terraços arborizados às margens do lago, mas a grande surpresa foi encontrar uma igrejinha românica nos fundos do jardim. Construída no ano 1000 sobre fundações de uma igreja do século VIII recebeu posteriormente uma torre agulhada bem ao estilo helvético. O interior – simples, decorado apenas com um vaso de flores – apresenta o coro em nível superior ao da pequena nave com remanescentes de afrescos cuja idade não consegui descobrir. Jóia perdida, ofereceu-nos um momento de tranquilidade e contemplação. Ninguém além de nós; o jardim, o lago, a igreja, tudo estava ali disponível para os viajantes. Estes, no entanto, precisavam seguir viagem. Mais uma igrejinha na memória; mais um encanto suíço na nossa coleção.

Antônio Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: