Museu Rodin

O Museu Rodin funciona numa mansão do século XVIII localizada no Faubourg Saint-Germain. Ao lado dos Invalides e perto da ponte Alexandre III, não poderia ter vizinhança melhor. E dentro dos seus jardins, além da visão da cúpula dourada do Dôme e da ponta da torre Eiffel,  temos as esculturas do artista espalhadas pelos gramados. É mesmo um lugar impressionante. O jardim é o ponto alto, com alguns de seus trabalhos mais famosos; e são muitos, distribuídos por um parque bastante grande para o centro de uma metrópole. Há um café com algum charme, bom para um descanso das andanças por Paris.

A casa também despertou nosso interesse. Construída entre 1728 e 1730, foi projetada por Jean Aubert, que mais tarde trabalharia na criação do suntuoso palácio de Chantilly. Seu segundo proprietário deu nome ao prédio, hoje conhecido como Hôtel Biron. E ficamos pensando em como seria a vida naquele lugar. Tanto nas suas origens quanto atualmente. Não seria nada mal viver numa casa daquelas!

O interior, infelizmente, não nos agradou. Toda a beleza e esmero de organização da parte externa se perdem do lado de dentro. Não se percebe um cuidado museológico com o acervo, que parece colocado à mostra de qualquer maneira. Os ambientes são desleixados, nem restaurados nem adaptados. Rodin viveu e trabalhou lá até a sua morte. Pode ser que a intenção seja preservar algo da aparência desorganizada de seu tempo. Quem sabe? Mas foi uma surpresa ruim que mostra o quão difícil deve ser cuidar de um patrimônio tão extenso numa das cidades mais visitadas do mundo.

Antônio Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: