Paris

Parar no meio do caminho e sentar em um banco de praça observando a exuberância diante dos olhos, correr da chuva e se abrigar na entrada de uma igreja gótica, parar diante dos vários degraus que sustentam a imagem impactante da Vitória de Samotrácia, abaixar os olhos e ver um rato morto no chão histórico, virar para esquerda ou direita, não importando para que lado for e vê-la demonstrando sua autoridade, feita de ferro com 324 metros de altura e símbolo de um país…

Privilégios que muitos viajantes compartilham.

Quando em viagem, queremos aproveitar o máximo de nossa passagem pela cidade, ir a todos os museus, todos os pontos emblemáticos. Beleza, de acordo. Mas tem horas que preciso me perder para achar a cidade em mim. E nada como sentar em um café e deixar a cidade passar, andar sem guia, sem destino certo e encontrar o surpreendente, mesmo que ele esteja descrito no guia, mas que se dane, quem encontrou fui eu. Quem descobriu que virando a próxima rua à esquerda e andando uns duzentos metros comeria uma deliciosa tarte flambée fui eu.

E foi desse mesmo jeito que passeando pelo Marais vi um pequeno e belo jardim, servindo de fundos a um palácio medieval, do mesmo modo pequeno e simpático. O Hôtel de Sens foi onde Marguerite de Valois – Reine Margot – viveu após seu casamento com Henri IV ser anulado. Isso soube depois de ter andado pelas aléias e descansado um pouco antes de seguir pelas ruas a observar pessoas, arquitetura, comportamento, vitrines e quando em vez entrar aqui e ali para comprar chás, tomar café, fazer xixi.

Paris é grande em tudo, avenidas largas, jardins enormes, igrejas que ofuscam a fé, filas de dar voltas no quarteirão, palácios, palácios e mais palácios e tanto crème brûlée que muitas vezes tive vontade de sair correndo e voltar para minha vida com proporções mais equilibradas.

Paris não é uma cidade para uma visita só, definitivamente.

Alex

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: